18 de março de 2015

Rainbow Rowell: Eleanor & Park

Oi, tudo bem com vocês?
Há tempos que as leituras da Rainbow vem me conquistando. Ela tem um jeito muito singular na escrita, o que me faz amar esses romances. Algo bem característico é o final dos livros que termina meio que com reticências, se tem uma autora que gostaria de entrevistar seria ela, pra tirar todas as minhas dúvidas, quando você termina a leitura sempre se pergunta o que será que aconteceu com tal personagem ou o que se resolveu de tal situação. Mas ainda assim você ama e quer lê-los mais de uma vez porque o que importa é o romance todo em si.










Eu já li Eleanor & Park, que será a resenha de hoje,  e Fangirl que também terá resenha, e prometo que vou ler Anexos e fazer resenha aqui no blog, já tenho certeza que vou amar tanto quanto.


Eleanor & Park, escrito por Rainbow Rowell
ISBN: 978-85-428-0125-5
Editora: Novo Século
Número de páginas: 328

Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

 Eleanor volta a morar com sua mãe depois de alguns anos, ela saiu de lá depois de ter uma briga com seu padrasto. A mãe de Eleanor não tem nenhum respaldo dentro de casa, ela é uma mulher bonita, mas de semblante sofrido.
 Eleanor se matricula numa escola próxima ao bairro e no primeiro dia em que pega o ônibus escolar os alunos já começam a provocá-la pelo seu jeito de se vestir, por ter cabelos ruivos e cacheados sem ser muito bem tratado já que sua mãe não tem condições e seu padrasto não a daria nada quanto mais algum creme para pentear.
 Ao entrar no ônibus ninguém cede lugar para Eleanor, ainda quem tem lugar vago coloca a mochila só para não ter de ficar ao lado dela. Até que ela passa pelo assento de Park onde tem um lugar vago e que pela sua boa moral familiar, mesmo de mal jeito vira o rosto e permite que ela se sente ali.


  No percurso diário casa- escola- casa Park vem lendo seus HQs preferidos, Eleanor de vez em quando acompanha a leitura com os olhos e Park percebe isso. Algumas vezes ela até sentia que Park esperava para passar de uma folha para outra.
 As colegas de Eleanor sempre fazem algo para humilhá-la ou se sentir o pior possível, com pegadinhas e apelidos. Park achava que ela se vestia daquela forma para afastar as pessoas, era o único pensamento plausível. Ele tentava a repelir de todas as formas, mas ainda assim não achava certo o que os colegas faziam com ela. Ele tinha aquele jeito bondoso que sempre aprendeu com a mãe e as frases de efeito moral da avó.

 Park e Eleanor terão apesar de tudo um amor verdadeiro, Um amor forte também em que Park sente a necessidade de defender de tudo e de todos e provar a Eleanor a veracidade dele. Um amor que traz os momentos mais felizes da vida de Eleanor.
 O final da história, como já disse sobre nas características da escrita da autora, será como incompleto, à cargo do leitor imaginar a continuidade que se dá aos personagens, mas uma trama ainda assim completa pelo romance no total.
Fanart By Irena Freitas
"Só o que faço quando estamos separados é pensar em você, e só o que faço quando estamos juntos é entrar em pânico. Porque cada segundo parece tão importante."
"Não sou mais minha, sou sua."
"Ele a fazia sentir como se fosse mais que a soma de suas partes"
"Querido Park, gosto de você. Seu cabelo é muito bonito"
"Segurar a mão de Eleanor era como segurar uma borboleta. Ou um coração a bater. Como segurar algo completo, e completamente vivo."
"Na primeira vez que ele pegou na mão dela, foi tão bom que todas as coisas ruins se afastaram. Essa sensação boa foi muito mais forte do que qualquer dor." 

Vale lembrar que Eleanor & Park também será adaptado para o cinema. Também terá lançamento do livro Landline da autora agora em março no Brasil com o título Ligações (clique aqui para capa e sinopse).
Para comprar Eleanor e Park: Submarino

Beijos e até a próxima!

23 comentários:

  1. Oi, Ana. Tô ansiosa há séculos para ler Eleanor e Park, não sei porque ainda não li. E enquanto lia sua resenha - adorei - fiquei pensando em Aflição Imperial ( A Culpa é das estrelas), causa das questões em aberto, e que o livro podia se tornar livro. Obrigada pela boa notícia. Xd

    Bjoesss,

    www.papuff.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Mariana, ela nos deixa com aquele final em aberto como em A culpa é das estrelas. E no outro livro dela que vou resenhar ela também terá um livro dentro da história com Aflição Imperial em A culpa é das estrelas.
      Bjs!!

      Excluir
  2. Oi, Ana. Tô ansiosa há séculos para ler Eleanor e Park, não sei porque ainda não li. E enquanto lia sua resenha - adorei - fiquei pensando em Aflição Imperial ( A Culpa é das estrelas), causa das questões em aberto, e que o livro podia se tornar livro. Obrigada pela boa notícia. Xd

    Bjoesss,

    www.papuff.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bom?

    Não faz meu tipo de livro, mas trampo em uma livraria e esse livro em questão tem muita provcura dele, inclusive estava esgotado mês passado, enfim, muito boa a sua resenha, gostei do modo como vc se expressa com as palavras, quase me fez sentir vontade de ler o livro kkkk mas vou continuar ainda com cronicas de gelo e fogo que falta mt pra eu terminar, espero que goste dos outros dois!!

    Gustavo http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da resenha, Gustavo. Ah, depois quando tiver um espaço entre suas leituras leia esse, prometo que vc não se arrepende, haha.
      Bjs!!

      Excluir
  4. Ahh que vontade de ler esse livro! Só ouvia falar dele, nunca tinha lido uma resenha pra saber o motivo de tanto auê em volta, e agora sei hehe. Gostei muito dos personagens, gostei muito de ter temas nerds no meio e gostei muito dos quotes que você selecionou! Fora a foto da opinião de vários autores sobre o livro, me deixaram MUITO curiosa e achando que é um livro impactantíssimo haha. Isso sem falar do final, que pelo que vi é de deixar o leitor surtando haha :p
    Com certeza já entrou na lista de "preciso ler um dia" *_*
    Besos!
    http://www.kuroneko1.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yasmin, você não tem noção do quanto o romance deles é lindo do início ao fim com essas trocas de carinhos até por pensamento, igual nos quotes. Ela é uma personagem maravilhosa e Park completa ela, faz ela crescer como pessoa. Queria fazer essa resenha parecer tão boa quanto o livro é. Mas leia que você irá se surpreender ainda mais! *-*
      Bjs, flor!

      Excluir
  5. Gostei do post e da indicação, nunca tinha ouvido falar do livro, mas me pareceu interessante.

    http://palavrasdelucidez.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oooi,

    Eu não li ainda :( :( :(
    Quero taaaanto mas não li :(

    A história parece ser ótima, alias só leio elogios para ela. Para mim é novidade essa de que vai virar filme :O :O
    Gosto do enredo e fico super curiosa em relação a escrita e o desfecho da história!
    Ps: as fotos estão liiindas <3


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meniiinaaaa! Você precisa ler! Na sub tá baratinho e eu quero logo saber quem serão os atores do filme. Awn, obrigada pelo elogio das fotos, vale muito pra mim. ♥
      Bjos, linda!

      Excluir
  7. Oi Ana, faz tempo que eu estou querendo os livros da Rainbow também, e Eleanor & Park está no topo da lista. E não sabia que ia virar filme, agora fiquei mais animada ainda!!

    Beijos,
    Fernanda
    http://oprazerdaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a melhor das notícias, Fernanda, haha!
      Bjs!

      Excluir
  8. Oi Carol, esse livro é muito amor né amiga *-*
    Faço questão de ler tudo que a Rainbow escreve, pois me apaixonei pela escrita da autora. Eu a aconheci exatamente com Eleanor & Park, por isso é o meu queridinho de todos os que li até agora, apesar de eu amar e super indicar FanGirl tbm <3

    xoxo
    http://www.amigadaleitora.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim amiga, E&P também foi o primeiro que li. A Rainbow arrasa! Sonhando com "Ligações". *-*
      XO

      Excluir
  9. Oi, tudo bem?
    Confesso que não tinha muita vontade de ler esse livro, apesar dos elogios que ouvi em relação a autora. Achei que seria um livro estilo sick-lit, que eu não costumo gostar muito, mas depois da sua resenha me interessei a bessa! Fiquei morrendo de contade de ver como se dá esse envolvimento dos dois.
    Adorei sua resenha, me deixou super curiosa pelo livro!
    Beijos
    www.romanceseleituras.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Larissa, se vc ler vai amar com certeza, porque pelo contrário, ele é chic lit. *-*
      Bjs!!

      Excluir
  10. Olá, tudo bem?

    Nunca li nada da autora, apesar de já terem me indicado E&P várias vezes. Acho que esse tipo de livro que retrata romance adolescente não é meu estilo favorito, pois prefiro aquelas fantasias épicas com dragões, magos e caçadores de recompensas. Contudo, acho que devo ir ver a adaptação da obra no cinema, mesmo não curtindo a leitura, eu gosto de ver esse tipo de filme quando estou com tempo livre, como foi o caso de ACEDE, que não tive paciência para ler o livro mas acabei vendo o filme. Acho as capas dessa autora muito bonitas, gosto de estilo minimalista.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As capas são uma perfeição, Mateus. Se você ama esse estilo de ficção fantasiosa, que eu tbm amo, vai gostar de Fangirl outro livro da mesma autora e ela agora está escrevendo um spin off dele de fantasia *-* É muita perfeição em uma autora só, haha.
      XO

      Excluir
  11. Oi vim conhecer seu blog e te desejar muito sucesso dizer que achei muito interessante seu blog eu e minha filha adoramos parabéns se quiser conhecer meu cantinho http://www.cantinhojutavares.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Jussara, parabéns pelo seu blog também!!!
      Bjs em você e sua filha!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  12. Olá, Ana! Confesso que nunca me interessei pelos livros dessa autora, as publicações dela por aqui tem uma aparência muito ofa, a capas são uma delicia de vê, essa é a unica coisa que sempre reparo quando lançam um livro dela é isso, eu nunca sequer li o primeiro capítulo, realmente não é o tipo de leitura, mas é muito bom quando gostamos tanto de um autor assim. <3

    ResponderExcluir